Psoríase moderada a grave

O que é psoríase moderada a grave?

A psoríase é uma doença bastante comum, que afeta cerca de 125 milhões de pessoas no mundo.1,2 Homens e mulheres, de qualquer raça e em qualquer idade, inclusive na infância,3 podem manifestar as lesões vermelhas e descamativas no corpo, causadas pela doença.

De forma simples, a psoríase de moderada a grave é caracterizada quando estas lesões acometem mais de 10% do corpo do paciente – considerando que a região palmar (palma da mão) corresponde a 1% do corpo.4-5

Além disso, quando atingem regiões como a face, as regiões palmares ou plantares (palma da mão ou a planta do pé) - onde provocam maior desconforto e impacto na qualidade de vida do paciente –, o caso também pode ser classificado como moderado a grave.3-5

Mas não se trata de uma questão superficial de pele. A psoríase, pode interferir de maneira significativa no bem-estar físico e psíquico das pessoas: até mesmo pacientes com poucas manifestações da doença revelam que sentem impactos no dia a dia.1

Existem algumas maneiras padronizadas (critérios) para avaliar a intensidade do quadro de psoríase. Para estudos, avaliamos o grau de inflamação e de extensão (tamanho) de cada lesão. Baseado nisso, calculamos uma porcentagem de acometimento. Isso gera um número, que se for maior que dez, significa que o caso é de moderado a grave.

- Prof. Dr. Ricardo Romiti, coordenador do Ambulatório de Psoríase do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP) – CRM-SP 75.298

Cerca de um terço das pessoas com psoríase em placas (que representa de 80-95% de todos os casos de psoríase1,7) sofrem de sua forma moderada a grave.5

Informações adaptadas da National Psoriasis Foundation.

Referências

1. Nestle Fo, Kaplan DH, Barker J. Psoriasis. N Engl J Med. 2009 Jul 30;361(5):496-509.
2.Brezinski EA, Armstrong AW. Off-label biologic regimens in psoriasis: a systematic review of efficacy and safety of dose escalation, reduction, and interrupted biologic therapy. PLoS One. 2012;7(4):e33486.
3.Raval K et al. Disease and treatment burden of psoriasis: examining the impact of biologics. J Drugs Dermatol. 2011 Feb;10(2):189-96.
4.National Psoriasis Foundation. The psoriasis and psoriatic arthritis pocket guide. Disponível em: https://www.psoriasis.org/sites/default/files/accessing-health-care/FY10_Pocket_Guide_WEB.pdf. Acesso em 04 de fevereiro de 2016.
5.Herrier RN. Advances in the treatment of moderate-to-severe plaque psoriasis. Am J Health Syst Pharm. 2011 May 1;68(9):795-806.
6.Stern RS et al. Psoriasis is common, carries a substantial burden even when not extensive, and is associated with widespread treatment dissatisfaction. J Investig Dermatol Symp Proc. 2004 Mar;9(2):136-9.