Tumor neuroendócrino (TNE)

O que é o tumor neuroendócrino?

O tumor neuroendócrino – ou simplesmente TNE – é um tipo de câncer que afeta o sistema endócrino do organismo. Embora ainda seja raro, a incidência do TNE vem aumentando nos últimos anos. Não se sabe ao certo o porquê, mas estima-se que por consequência de um aumento no número de diagnósticos – que apesar de melhores, ainda ocorrem muito tardiamente, levando em média de três a sete anos.1,2

Os TNEs afetam a produção e a secreção de uma variedade de hormônios que regulam as funções corporais, desde a digestão e até a respiração. Por isso, o TNE pode ocorrer em diferentes regiões do corpo, sendo mais comum no tubo digestivo (67,5%), no pulmão (25,3%) e no pâncreas (5,9%).1,3 Esse tipo de câncer pode passar anos sem apresentar sintomas, ou manifestar sintomas muito parecidos com os de outras doenças mais comuns, dificultando o diagnóstico.1,4,5

Quando os tumores neuroendócrinos são diagnosticados em estágios iniciais, eles geralmente podem ser curados por meio de cirurgia. Entretanto, de 60% a 80% dos pacientes recebem o diagnostico quando o TNE já avançou para outra região do organismo (a chamada metástase). Nesses casos, raramente há cura, então, o objetivo do tratamento é o controle efetivo da doença ao longo dos anos. Para isso, a adesão ao tratamento é fundamental, pois garante o controle dos sintomas e a qualidade de vida do paciente com TNE.2,6

Entre os avanços no diagnostico e controle dos tumores neuroendócrinos está o exame anatomopatológico completo. Essa técnica permite uma avaliação profunda do tecido tumoral – incluindo a contagem de uma importante proteína do núcleo da célula chamada KI-67, capaz de apontar o grau de crescimento do tumor. Essa informação possibilita que o médico determine com melhor precisão qual o tratamento mais adequado para cada paciente.7,8

As causas dos TNEs ainda são incertas, mas já se sabe que pessoas com neoplasia endócrina múltipla tipo 1 (MEN 1), neurofibromatose tipo 1 ou síndrome de Von Hippel Lindau têm maior risco de desenvolver um tumor neuroendócrino. Pesquisas também indicam que filhos de pessoas com TNE têm um pouco mais de chance de desenvolver a doença – mas como os TNEs são bastante raros, o risco continua sendo pequeno.9

TNE: o câncer de Steve Jobs, fundador da Apple

Nem todo mundo sabe, mas foi um tumor neuroendócrino que atingiu Steve Jobs, fundador da Apple, e causou sua morte precoce em 2011, aos 56 anos. Na ocasião muitos disseram que Jobs tinha simplesmente um “câncer no pâncreas”, quando na verdade ele foi diagnosticado com um TNE que teve início nas células pancreáticas. Jobs foi submetido à cirurgia do pâncreas em 2004 e, posteriormente, em abril de 2009, a um transplante de fígado.10,11

Referências

1. Cartilha Novartis – Tumores Neuroendócrinos: Atualização Diagnóstica. Poderia ser um tumor neuroendócrino? Página 6.
2. NET Cancer Day. Diagnosis and misdiagnosis. Disponível em: http://netcancerday.org/learn-more/diagnosis-and-misdiagnosis-2/. Acesso em abril de 2017.
3. The NET Alliance. What are neuroendócrinos tumors. Disponível em: http://www.thenetalliance.com/patient/what-are-neuroendocrine-tumors.jsp. Acesso em novembro de 2016.
4. Canadian Cancer Society. Treatment of neuroendocrine cancer. Disponível em: http://www.cancer.ca/en/cancer-information/cancer-type/neuroendocrine/treatment/?region=bc. Acesso em dezembro de 2016.
5. WebMD. Neuroendocrine tumors (Nets): Treatment options. Disponível em: http://www.webmd.com/cancer/neuroendocrine-tumors-treatments#2. Acesso em dezembro de 2016.
6. Carcinoid. Diagnosing Carcinoid Tumors and Carcinoid Syndrome. Disponível em: http://www.carcinoid.com/health-care-professional/carcinoid-diagnosis.jsp?usertrack.filter_applied=true&NovaId=2935377070800724633. Último acesso em abril de 2017.
7. Sorbye H, Welin S, Langer SW et al. Predictive and prognostic factors for treatment and survival in 305 patients with advanced gastrointestinal neuroendocrine carcinoma (WHO G3): the NORDIC NEC Study. ANN Oncol 2013;24(1):152-60.
8. Instituto Oncoguia. Entendendo o laudo de patologia para o câncer de mama avançado. Disponível em: http://www.oncoguia.org.br/conteudo/entendendo-o-laudo-de-patologia/6295/806/. Acesso em dezembro de 2016.
9. Cancer Research UK. What are neuroendocrine tumours. Disponível em: http://www.cancerresearchuk.org/about-cancer/cancers-in-general/cancer-questions/what-are-neuroendocrine-tumours. Último acesso em abril de 2017.
10. Exame. Entenda o câncer raro que matou Steve Jobs. Disponível em: http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/entenda-o-cancer-raro-que-matou-steve-jobs/. Último acesso em dezembro de 2016.
11. Center for Health Journalism. What Killed Steve Jobs? A Cancer That's Poorly Understood In the United States. Disponível em: https://www.centerforhealthjournalism.org/blogs/2011/11/10/what-killed-steve-jobs-cancer-thats-poorly-understood-united-states. Último acesso em abril de 2017.