Leucemia mieloide crônica (LMC)

Sintomas da leucemia mieloide crônica (LMC)

Muitas vezes, os sintomas da leucemia mieloide crônica (LMC) demoram a se manifestar, o que infelizmente pode atrasar a busca por um diagnóstico.1 Além disso, muitos dos sinais e sintomas da LMC são comuns a outras condições e doenças. Por tudo isso, é tão importante que os pacientes mantenham seus exames de rotina em dia e consulte um médico ao apresentar esses sintomas.2

A maioria dos pacientes é assintomática. Alguns apresentam cansaço, outros descobrem a leucemia mieloide crônica quando fazem um hemograma de controle. Mas geralmente, não há nenhum sintoma específico que chame muita atenção, como emagrecimento ou febre. Essa doença pode apresentar três fases: a fase crônica, a fase acelerada e a crise blástica. Como a maioria dos pacientes abre o quadro na fase crônica, os sintomas são discretos.

- Dra. Monika Conchon, onco-hematologista do Hospital Santa Marcelina, sócia e médica responsável do Laboratório inSitus Genética – CRM 64334

Entre os sinais e sintomas da leucemia mieloide crônica estão:

  • Fadiga;1
  • Perda de peso;1
  • Suor noturno;1
  • Febre;1
  • Dor ou sensação de que há algo abaixo das costelas do lado esquerdo do corpo (uma pressão), devido ao inchaço no baço;1
  • Infecções frequentes;2
  • Anemia e palidez;2
  • Sangramento “fácil” e excessivo.2

Há ainda casos em que o paciente não apresenta sintoma algum2 e, nesses casos, a leucemia mieloide crônica só pode ser diagnosticada por meio de alterações detectadas em um exame de rotina.

Referências

1. MedlinePlus. Chronic Myeloid Leukemia. Disponível em: https://www.nlm.nih.gov/medlineplus/chronicmyeloidleukemia.html. Último acesso em junho de 2016.
2.National Cancer Institute. Chronic Myelogenous Leukemia Treatment (PDQ®)–Patient Version. Disponível em: http://www.cancer.gov/types/leukemia/patient/cml-treatment-pdq. Último acesso em junho de 2016.