Acromegalia

Tratamento da acromegalia

O tratamento da acromegalia é principalmente realizado por meio da cirurgia para retirada do tumor. Se a cirurgia não for recomendada ou se não for possível a retirada total do tumor, é possível manter os níveis do hormônio de crescimento normais e a doença controlada com o uso de medicamentos. Em casos bem específicos a radioterapia pode ser indicada como forma de tratamento da acromegalia.1

Com o tratamento da acromegalia adequado, o paciente deve notar a redução do tamanho dos pés e das mãos, por exemplo, além do controle de outros sintomas da doença, como dores de cabeça, fadiga e suor excessivo.2

Conheça os tipos de tratamento para acromegalia

Cirurgia

Na maioria dos casos, o adenoma (tumor na glândula hipofisária) é retirado pelo nariz por meio de uma cirurgia chamada de transesfenoidal. Assim que o tumor é removido, há um alívio da pressão na região e uma rápida redução dos níveis de hormônio do crescimento. A aparência facial e o inchaço de mãos e pés geralmente melhoram em alguns dias.1

A cirurgia é geralmente eficaz, embora nem sempre seja possível retirar todo o tumor, pois em sua maioria se tratam de tumores grandes, então, muitos pacientes devem continuar o tratamento com medicamentos.1,3.

Medicamentos

Como atuam de forma diferente no nosso corpo, os tratamentos para a acromegalia podem tanto diminuir a produção do GH tumoral quanto bloquear a ação do GH nos demais orgãos.1

Os medicamentos para tratar a acromegalia devem contribuir com a redução do inchaço (melhorando o aspecto visual no rosto, mãos e pés, por exemplo), bem como atuar nos 5 principais sintomas da doença: dor de cabeça, suor excessivo, fadiga, dores nas articulações e parestesia.3

Como a doença é crônica, é fundamental que haja adesão ao tratamento, pois os sintomas reaparecem com a interrupção do tratamento, podendo agravar o quadro da acromegalia.4 Além disso, é possível que com o passar dos anos o tratamento que era excelente deixe de funcionar para você, a chamada resistência medicamentosa.5

Por isso, se você segue o tratamento indicado pelo seu médico, mas ainda manifesta sintomas ou voltou a apresentar os sinais da acromegalia, converse novamente com seu médico, para que ele possa reavaliar seu tratamento.

Radioterapia

A radioterapia é indicada somente em casos em que a cirurgia não é possível, ou quando a cirurgia e os medicamentos não são capazes de controlar a acromegalia. O resultado da radioterapia no tratamento da acromegalia pode levar anos para aparecer.1,3

.

Como saber se meu tratamento da acromegalia está funcionando bem?

A realização dos exames laboratoriais de GH e IGF-1 regularmente, em geral a cada 3-4 meses, deverá mostrar se o tratamento que você está realizando está suficiente para controlar sua doença.

Além disso, seu tratamento deve ser eficaz para combater os 5 sintomas mais comuns da acromegalia (dor de cabeça, suor excessivo, dores nas articulações, fadiga e parestesia), permitindo que você tenha não apenas uma melhora no impacto visual que a doença pode causar, como também tenha qualidade de vida e se sinta bem.3

acromegalia-aneis-de-teste

Referências


1. NHS. Acromegaly. Disponivel em: http://www.nhs.uk/conditions/acromegaly/Pages/Introduction.aspx. Acesso em 12 de junho de 2017.
2. Ben-shlomo A, Melmed S. Somatostatin agonists for treatment of acromegaly. Mol Cell Endocrinol. 2008;286(1-2):192-8.
3. Mayo Clinic. Acromegaly. Treatment. Disponível em: http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/acromegaly/diagnosis-treatment/treatment/txc-20177636. Acesso em 12 de junho de 2017.
4. Hatipoglu E, Bozcan S, Kadioglu P. Discontinuation of somatostatin analogs while acromegaly is in long-term remission. Pituitary. 2015;18(4):554-60.
5. Colao A, Auriemma RS, Lombardi G, Pivonello R. Resistance to somatostatin analogs in acromegaly. Endocr Rev. 2011;32(2):247-71.